BISPO GUARACY – Tocando bateria


Bispo Guaracy Santos

Anuncios

Mais Una Nova Catedral no Pais de Roma Italia


Eh aqui mais una Catedral Mais para Honra y Gloria de Nosso Senhor Jesus E esta ves na Roma Italia; esta Ves foi inaugurada una Catedral mas no Pais de Roma Italia Aqui estao algunas Fotos da Catedral de Roma Italia


Remember When it Rained – Josh Groban


Lave os pensamentos interiores
que mantêm a minha mente longe de Você.
Sem mais amor e sem mais orgulho
e pensamentos são tudo o que tenho a fazer.

Ohhhhhh Lembra de quando choveu.
Senti o chão e olhei para o alto
e chamei pelo Seu nome.
Ohhhhhh Lembra de quando choveu
Continuo na escuridão.

Lágrimas de esperança rolaram pela minha pele.
Lágrimas por Você que não secarão.
Elas magnificam Aquele que está dentro
e fazem com que exterior lentamente morra.

Ohhhhhh Lembra de quando choveu.
Senti o chão e olhei para o alto
e chamei pelo Seu nome.
Ohhhhhh Lembra de quando choveu.
Na água permaneço
Fluindo

A Oração. Um Relacionamento pessoal com Deus.


“… e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer.” (Daniel 6:10)

Podemos escolher diversas maneiras para seguir a nossa vida, mas a melhor delas é viver de forma abundante com o poder de Deus. E o segredo para isto, está na intimidade do nosso relacionamento com Deus.

Daniel orava três vezes ao dia, porque ele queria ter intimidade com Deus. E se você quer alcançar crescimento na sua vida é preciso Orar.

A oração é o canal de comunicação entre o homem e Deus. Através da oração mantemos contato pessoal com Deus, isso quando ela é sincera e verdadeiramente abrimos nosso coração diante dele.

A oração é uma expressão da alma humana para com o seu criador, não é necessária que ela seja erudita ou sofisticada, pois Deus sabe exatamente quem somos e o que desejamos, mas simples, objetiva e imbuída de humildade e desprendimento.

Ela somente tem eficácia, ou seja, é respondida, se ao falarmos com Deus tivermos certeza absoluta de que ele nos ouve atento aos nossos clamores. Se isso não acontecer no momento em que estivermos orando, as nossas palavras serão vãs.

Por isso, o ambiente deve ser propício, a fim de nos concentrarmos e obtermos o maior fervor do nosso coração.

Quando o Senhor Jesus ensinou aos discípulos a oração conhecida popularmente como “Pai-Nosso”, não era a sua intenção que ela fosse usada literalmente todas as vezes que desejássemos falar com Deus, pelo contrário, ele a deixou como um modelo de como devemos nos comunicar com o Pai Celestial.

Com isso, a oração sincera, desprendida, que expressa verdadeiramente o interior, mantém vivo um profundo relacionamento com Deus e através disso, se passa a ter discernimento espiritual, direção e assim como Jesus, passamos a viver triunfalmente.

Para fundamentar melhor nosso estudo queremos ilustrar abaixo com alguns textos bíblicos alguns questionamentos muitos comuns que temos recebido a respeito da oração.

Deus é acessível? A Bíblia diz em Salmos 65:2

“Ó tu que ouves a oração! A ti virá toda a carne”.

Está Deus disposto a escutar e responder às nossas orações? A Bíblia diz em Mateus 7:11

“Se vós, pois, sendo maus, sabem dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos Céus, dará boas coisas aos que lhas pedirem?”

Sob que condições nos prometeu Deus dar as bênçãos que necessitamos? A Bíblia diz em Mateus 7:7-8

“Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, recebe; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á.”

Devemos pedir a Deus sabedoria?

A Bíblia diz em Tiago 1:5-8

“Ora, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, não duvidando; pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, que é sublevada e agitada pelo vento. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa, homem vacilante que é, e inconstante em todos os seus caminhos.”

Que diz a Bíblia sobre as ocasiões quando Deus não ouve uma oração?
A Bíblia diz em Salmos 66:18-19

“Se eu tivesse guardado iniqüidade no meu coração, o Senhor não me teria ouvido; mas, na verdade, Deus me ouviu; tem atendido à voz da minha oração.”

Alguma vez Deus recusa-se a responder uma oração? A Bíblia diz em Provérbios 28:9

“O que desvia os seus ouvidos de ouvir a lei, até a sua oração é abominável.”

Em que nome devemos orar?
A Bíblia diz em João 14:13-14

“E tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei.”
Quão frequentemente devemos orar? A Bíblia diz em Efésios 6:18

“Com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos.”

A Bíblia diz em 1 Tessalonicenses 5:17 “Orai sem cessar.”
Às vezes Deus responde às nossas orações antes de orarmos? A Bíblia diz em Isaías 65:24

“E acontecerá que, antes de clamarem eles, eu responderei; e estando eles ainda falando, eu os ouvirei.”
Às vezes Deus responde às nossas orações dizendo, ‘Espera’. A Bíblia diz em Salmos 37:7

“Descansa no Senhor, e espera nele.”
A habilidade de Deus em ajudar-nos não tem limite. A Bíblia diz em Efésios 3:20

“Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera.”
Quão completamente prometeu Deus suprir as nossas necessidades? A Bíblia diz em Filipenses 4:19

“Meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na glória em Cristo Jesus.”
Como sei sobre o que orar? A Bíblia diz em Romanos 8:26-27

“Do mesmo modo também o Espírito nos ajuda na fraqueza; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que esquadrinha os corações sabe qual é a intenção do Espírito: que ele, segundo a vontade de Deus, intercede pelos santos.”

Sob que condições disse Jesus que ele responderá aos nossos pedidos de oração?
A Bíblia diz em Marcos 11:24

“Por isso vos digo que tudo o que pedirdes em oração, crede que o recebereis, e tê-lo-eis.”

Que pedidos podemos confiar que Deus ouvirá?
A Bíblia diz em 1 João 5:14-15

“E esta é a confiança que temos nele, que se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que já alcançamos as coisas que lhe temos pedido.”
A Bíblia dá-nos um modelo de oração. A Bíblia diz em Mateus 6:9-13

“Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores; e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. [Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre, Amém]”
As orações não são mágicas? A Bíblia diz em Mateus 6:7-8

“E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque pensam que pelo seu muito falar serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.”

Esses são os principais questionamentos que temos recebido, e espero que tenha ajudado esclarecer a respeito desse grande privilégio que é a oração.

“Cheguemo-nos, pois, confiadamente ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e achemos graça a fim de sermos socorridos no momento oportuno.” (Hebreus 4:16)

Para Os Timidos


Para Os Timidos
Para os Tímidos Você é tímido? Eu sou uma mulher tímida também e sei como é difícil. Às vezes para nós tomarmos decisões simples como falar com alguém estranho, falar uma nova língua enfim, não é fácil, mas não é por isso que devemos deixar de fazer. Pelo contrário, se é difícil, é sacrifício, e se é sacrifício, agrada a Deus!

Vivemos em um mundo conturbado, cheio de violência, medo e catástrofes como tufões, furacões e inundações por todos os lados. As pessoas estão tão preocupadas com a sua vida profissional, em darem o melhor para sua família, em esmerarem-se nos estudos para se atualizar que acabam ficando ocupadas só com as coisas materiais.

Quando os problemas vêm e afetam a saúde, a família e o trabalho ficam sem saber o que fazer, mesmo com todo o preparo e cuidado para proteger e estabilizar suas vidas. Todas essas estruturações não são capazes de ajudá-las nesses momentos. E aí pensam que estão sozinhas… Onde estão aqueles que conhecem a saída? Onde estão os que sabem daquela porta escondida?

Certa vez, Jesus estava no barco com seus discípulos e dormia tranquilamente. Logo depois, veio uma grande tempestade que balançava o barco a tal ponto que os Seus discípulos pensaram que iriam naufragar. Eles acordaram Jesus, dizendo: Mestre, vamos afundar! Os discípulos só viam as dificuldades, não viam que Jesus estava ali no barco com eles.

Tenho certeza que Jesus entrou naquele barco e também dormiu para nos mostrar como é viver confiando em Deus. Ele nos faz ver que vivemos em um mundo cercado de tempestades, e que nossos barcos balançam e parecem que vão a pique. Mas temos que ter a tranquilidade dEle diante da tormenta, pois o nosso Deus é Fiel e não temeremos!

A única saída é o exercício da fé. “Perguntou-lhes, então, Jesus: Por que sois tímidos, homens de pequena fé? E, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar; e fez-se grande bonança” (Mateus 8.26). Os discípulos então se perguntaram: “Quem é Esse?” Eu, porém, digo: é o Todo-Poderoso Filho de Deus, que também disse que teríamos a mesma autoridade e realizaríamos maiores milagres ainda, pois Ele iria para o Pai e nos daria o Auxiliador.

Há muitas vidas na beira da morte, que estão gritando por socorro. O que Jesus nos ensina nessa situação? Falar e acalmar o vento. Temos que usar a voz da autoridade concedida por Ele. Essa autoridade foi dada a você que é tímido também. Só se vê a coragem quando ela é exercitada numa hora dessas, onde tudo parece estar se acabando. Quantas vezes você ouviu os problemas de alguém e usou essa autoridade que lhe foi concedida?

Precisamos praticar essa fé todos os dias, pedirmos ajuda e direção ao Espírito Santo. Se deixarmos a timidez de lado, usarmos a nossa fé e autoridade, e confiarmos, a bonança também nos é concedida, e melhor, como honra à nossa coragem!

Ester Bezerra

Amor Verdadeiro


Amor VerdadeiroPara que um relacionamento dure a vida toda é preciso que o amor entre o casal seja verdadeiro, que haja fidelidade, compreensão, companheirismo, entre outros fatores essenciais para a solidez da união.

De acordo com um trecho de um dos vários pensamentos do autor Carlos Drummond Andrade, muitas pessoas apaixonam-se várias vezes durante a trajetória de sua vida, porém poucos são os indivíduos que amam ou encontram o amor verdadeiro.

Em “O Perfil da Família de Deus”, o bispo Edir Macedo explica que os casamentos que são motivados apenas pela paixão normalmente fracassam. Ele acrescenta que é por esta razão que o matrimônio tem sido considerado por muitos como sendo uma instituição falida.

Na obra, o bispo esclarece também que quando o casamento é realizado sobre a base da fé bíblica, somada a uma compatibilidade de idade, pensamentos, ideais e temperado com um mínimo de simpatia de ambas as partes, tem tudo para dar certo.

A autora Cristiane Cardoso afirma, em seu livro “Melhor do que comprar sapatos”, que o amor sincero não se encontra em cada esquina ou em todo relacionamento. “Não porque as pessoas não o queiram, mas porque não o conhecem de fato”, comenta.

O amor não é um jogo de interesses, pelo contrário, é uma troca. É saber compartilhar as dificuldades juntos, enfrentar barreiras e perseverar para alcançar seus objetivos. “Pensam que o amor consiste em receber, conquistar, preencher-se e beneficiar-se dele, enquanto o verdadeiro amor é exatamente o oposto de tudo isso!” Ela diz ainda que o amor sincero consiste em dar e não esperar algo em troca. “É paciente e nunca busca os seus próprios interesses”, declara.

A autora ressalta também na obra que tão certo como Deus vive, Ele deseja que todos tenham um casamento e família abençoados. “É o plano dEle para cada ser humano”, frisa.

“O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” (I Coríntios 13:4-7)